sábado, novembro 22, 2008

No Equador, povo que vive até 120 anos fuma, bebe álcool e usa droga

O problema é que Vilcabamba carrega em si uma contradição. Apesar de viverem 120 anos e de não ficarem doentes, a conduta de seu povo está distante de ser regrada e a preocupação com a saúde passa longe de suas roças, puros e chamicos. O chamico é uma planta tóxica e alucinógena, também chamada de erva-do-diabo, que antigamente era usada por xamãs e indicada para acalmar dores fortes, como a do parto.
(...)
Um médico que foi estudar aquele povoado saiu de lá sem grandes conclusões e a única mensagem que deixou para aqueles senhores foi: "Não comam sal". Os longevos, é claro, ignoraram o conselho.
~*~*~
Eu não fui lá, fiz pesquisa de campo, mas já sei a conclusão há muito tempo. Minha teoria finalmente foi comprovada!

Um comentário:

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.