sábado, maio 16, 2009

Resmungando

Finalmente vi Vicky Christina Barcelona, e o filme me deixou com duas coisas:
a primeira é a postura firme que demorei anos para conquistar ao dizer que "não, não gosto do Woody Allen", agora é cabal. Aliás, a Vã me disse que o Caetano Veloso disse que o "Woody Allen é super classe média", não, eu não penso por aí, mas achei engraçado como esta observação consegue ser super-caetano-velloso e ainda super-woody-allen.
A segunda é a pergunta incansável do porquê da Penélope Cruz ter ganhado o Oscar de melhor atriz por fazer a Maria Elena. Só por que ela estava descabelada e gritava muito? A gente, ela é espanhola, qual o mérito artístico-dramático que há nisso?

Engraçado que depois de ver o filme eu fui rever uma meia hora de Cassino, só para voltar aos eixos.

3 comentários:

Rico disse...

Nunca gostei do Woody Allen... Ele me dá dor de cabeça atuando e não me diz nada como diretor... bJ, mocinha

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rico disse...

ih, errei! beijos, mocinhaS...