sexta-feira, outubro 31, 2008

Acorde perfeito maior

Três anos se passaram com o que há de infâme, cômico, descabido, over e com o que não há de tão condenável assim; falando da Metrópole, essa louca, seus problemas, Chato-pai, beleza e cretinices, às vezes só copiando; até o Thundera suja as mãos. Quando eu comecei a escrever o meu Casa, não pensava em chegar a este glorioso número, tão emblemático. Na verdade, quando eu comecei a escrever este blog, não pensava em outra coisa a não ser escrever, mesmo que não escrevesse pensando.
Mas quem liga? Obrigada a todos que aqui aparecem, comentam, também àqueles que nunca deixaram de aqui voltar, ainda que visitem meu blog do trabalho para ninguém descobrir que lêem, ainda que seja só para falar mal de mim.
Bom, quem sabe, se um dia o Casa chegar aos 5 anos, eu faça uma festa com abadá e cuspidores de fogo.

3 comentários:

Anônimo disse...

De nada. É sempre um prazer ler oq escreve. ;)

Anônimo disse...

De nada. É sempre um prazer ler oq escreve. ;)

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.