quarta-feira, outubro 01, 2008

Rumo ao Projeto 2009

Você lembram do meu P2008. Não foi um sucesso absoluto, não cheguei ao ranking mundial dos dez mais, nem ganhei um Guitar Hero; mas não foi um total fracasso como resoluções de ano novo terminam sendo.
E então, hoje, arrumando a casa, eu me deparo com o meu projeto para o ano que vem. Abrindo um armário, eu junto um LP que havia ganhado de La Traviata com uma fileira de outros. Ver aquela Violetta ali, calada, simplesmente me deu pena. Quando eu notei que ela se juntou a um hall de Beethoven, Miles Davis, Chico Buarque, Keith Jarret, Louis Armstrong, Mozart, Cartola e Bethânia mais aquele outro Round Midnight, com aquela capa linda do filme, eu tomei como pessoal. Estavam lá quase todos os discos que meu pai usou para educar os meus tenros ouvidinhos antes de aparecerem aqueles com som digital, superfície espelhada e tamanho menor. Fiquei triste, doida para abraçar uma nova causa.
Então, se vocês tiverem por aí uma vitrola velha, que não usem mais, mandem para cá. Tenham a certeza que ela vai cantar como um rouxinol na primavera. Podemos até acertar por um preço camarada ou em troca de uma faxina.

2 comentários:

Beluga disse...

Não troco a minha por nada nesse mundo!!! meus LPS do Bozo, Zybembom, Lupu Limpim Clapa Topo e Trem da Alegria não aceitariam esse desgosto

xistosa - (josé torres) disse...

É que tenho uns mais antigos.
também aceito esses de vinil.
Mas de há muitas dezenas de anos, cujos discos pesam tanto que a "grafonola", (fonógrafo), dificilmente resiste ao peso, mas vai resistindo à corda que se tem que dar á mão.
Os tempos em que não se consumia electricidade ... era dar á manivela e tocar ...
Será que a vida evoluiu?