sábado, maio 16, 2009

Filha de quem?

Dias das mães é, historicamente, uma data complicada para mim. Cansada de tanto reclamar, decidi eu a criar caminhos para que a data não fosse um domingo piorado. Uma delas, já tradicional, é dar um presente para o meu pai, que vem sendo minha mãe também há algum tempo.
Esse ano, dei a ele algo muito legal, totalmente inusitado, que ele simplesmente amou. Mas naturalmente que não podia ser assim tão fácil.
Quando cheguei lá no domingo, entrei com uma sacola na mão de onde tirei presentes para as mães que estavam no recinto, e o último era dele, um pacotinho frouxo. Ele segurou aquilo, me olhou querendo segurar o riso e abriu. Era um par de meias bege.
— E aí, pai, acertei na cor?
Ele riu, meio nervoso, enquanto eu olhava animada para ele, na esperança real de que eu só estivesse enchendo lingüiça para criar uma tensão.
Mas o engraçado foi durante a semana, andando à procura dos presentes para a minha vó e para minha mãe-postiça, eu liguei para ele, reclamei que não sabia o que dar a elas, até que disse:
— Mas para você é fácil, né, pai? Vou te dar uma meia, que tá tudo certo. Tô vendo uma aqui xadrez, em cáqui e chumbo, a sua cara.
Ele não pensou duas vezes:
— Meia?! Isso lá é presente? Meia você vai dar para o seu pai.

5 comentários:

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rico disse...

Para o dia dos pais eu tenho umas dicas de vídeos... e dividos pelas categorias : beginner ou intermediate... :P
fiquei esperando o sinal e nada... estou indo viajar na quarta, na terça estarei no rio... e pode deixar q vou levar o algodão, vc foi a 2 pessoa q falou isso pra mim.
beijos

Rafael disse...

Meias são sempre um bom presente :p

Ricardo Artur disse...

Genial a série Chato-pai. Como disse o Beluga, o melhor reality show.
Há tempos que não visitava o blog. Foi bom ler todas do Chato-pai de uma vez.

Ricardo Artur disse...
Este comentário foi removido pelo autor.