segunda-feira, agosto 24, 2009

Chato-aniversário

Chato-pai vai fazer aniversário. E o que é uma data de festejo para ele é uma data de pesadelos e dores de cabeça para mim. Alguém faz idéia do que é dar presente para o Chato-pai? Acham que ele recebeu esse apelido porque tem uma filha metida a engraçadinha e só? Não, é porque só tem 4 coisas nessa vida que ele não critica: Jazz, vinho tinto, campeonato de tênis e... e... não lembro da quarta.
Então parece muito fácil, afinal eu posso comprar um vinho e dar para ele, certo? Errado. Não se dá uma garrafa de vinho para a pessoas para quem os outros ligam querendo saber que garrafa comprar. Então eu posso comprar uma raquete de tênis! É como você inventar de dar um violão para o Turíbio Santos, você vai comprar algo abaixo da qualidade que não vai dar na mão dele.
Sobra então o Jazz, esse oásis de dissonâncias. Não se esqueçam que meu pai está completando 60 anos, que pensam que ele ganhou em todos os aniversários, natais, dias dos pais e qualquer outra data anterior?
Sério, se alguém tiver uma boa idéia, postem-na nos comentários. Devo ler a tempo da festa. Caso contrário, limitem-se a serem solidários com a minha causa e não falarem idéias descartadas, absurdas ou já velhas.

5 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Como sou forte em sugestões, alvitro um berbequim (será furadeira?) para furar as paredes e dependurar os troféus.
Para além dessa função também servem para evitar ouvir os impropérios quando a máquina não acerta no local exacto.
Para quem joga ténis, também uma cotoveleira, para evitar o "cotovelo" de tenista.

Mas o melhor, melhor do que tudo ... um bom tinto, que faça esquecer que estamos vivos neste mundo infernal.

Uma festa digna dum chato-pai!!!

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beluga disse...

Um Jogo completo de Futebol de Botão (meu pai era campeão disso)

Beluga disse...

Ah! A vida seria tão mais simples se os vinhos viessem com um vale brinde de um CD de Jazz com um cupom que faz você concorrer a uma viagem para Roland Carros com todas as despesas pagas...

Mas tem aquele CD de Jazz com toda a trilha sonora de Charlie Brow (sério... e é muito BOM). Se vc ainda não o fez...

Justo disse...

Dê a ele um CD virgem. Ele que grave as músicas que gosta...ora!
Em todo o caso, felicidade Sr.Chato.