sábado, julho 17, 2010

Malandragem

Andando ontem pelo Centro do Rio, uma moça me abordou e me entregou uma publicidade de um candidato a vereador. Não que eu me impressione com propaganda, mas não custa ler, já que tiveram tanto trabalho para redação, editoração, impressão e todos os blablablás que envolvem isso.
Eis que lá pelas tantas, chego a uma seção em que pessoas renomadas e respeitadas (com ironia, por favor) expunham seus depoimentos sobre o sujeito em questão. Até que li:
"Blablablablabla whiskas sachê", Sérgio Malandro, ator.
Oi?

Hein?
Sérgio-Malandro-ator? Eu não sei o que me impressionou mais. O fato de alguém achar que Sérgio Malandro é um ponto positivo para sua publicidade ou o fato dele ser reconhecido por clássicos do cinema nacional, como Tudo acontece em Copacabana e Lua de Cristal.
Sendo assim, me surpreende não estar escrito antes daquele ponto final citado "e cantor", afinal, quem não lembra de sucessos como "Amor no camping" e "Pot-pourri glu glu"?

Um comentário:

金卡AlvaroCastroJr. disse...

Ator, cantor e malandro....