segunda-feira, outubro 06, 2008

Dramas pessoais

Parabéns-pra-você
Esta é a forma de colocar o aniversariante numa situação incômoda. Estão todos lá reunidos em seu nome, que escolheu a roupa com carinho para ocasião, geralmente rola um bolinho legal, é a sua data, só está gente que gosta de você. Aí vem aquela hora em que os brigadeirinhos são liberados e todo mundo vai ganhar uma fatia de bolo depois que você fizer um desejo. Mas só depois que todo mundo entoar aquele hino gasto, batendo palminha. E você não pode se juntar às pessoas, não pode canar junto, afinal o "você" logo no primeiro verso refere-se a você mesmo. Nem mesmo na hora do "é pique é pique é piqueépiqueépique, é hora é hora éhoraéhoraéhora, rá ti bum*" você pode somar a sua voz, e não conta o argumento de que o que é dito neste trecho não tem sentido algum! O máximo que podemos fazer é ficar comaquele sorrisinho amarelo, esperando aquilo acabar logo, antes que desça mais uma gota de parafina em cima do bolo.

*Valeu, Leandro.

2 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Tenho pouca habilidade para cantar.
Só no banho é que sou tenor, barítono ou "cana-rachada".

Parece-me que vou ter que cantar os parabéns a você ...
Então parabéns ... e
que para o ano cá estejamos outra vez!

Criptor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.